O Google Ads é uma importante ferramenta de vendas na internet e visibilidade para o seu site no Google, afinal, não há nada melhor do que divulgar os seus produtos e serviços no momento exato em que um consumidor em potencial está buscando por ele.

Mas como fazer para anunciar no Google Ads e obter resultados qualificados?

A seguir, vamos ensinar a criar campanhas de grande desempenho e aumentar a receita ou os leads do seu negócio em 11 passos simples e práticos, confira:

 

Passo 1: Conheça a estrutura da busca do Google

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Vamos começar falando da Rede de Pesquisa. A busca do Google se divide entre dois tipos de resultados: o link patrocinado (resultados pagos) e o orgânico.

A busca orgânica corresponde aos sites que aparecem no Google naturalmente, ou seja, aqueles que a ferramenta considera como mais relevantes para a busca realizada pelo usuário e, por isso, são exibidos no topo da página.

Já os links patrocinados, ou resultados pagos, são efetivamente os anúncios do Google. Atualmente, eles são exibidos no topo e no final da página de busca, variando entre 2 a 4 anúncios em cada bloco. (além do Google Shopping, caso esteja buscando produtos)

 

Diferença entre Links Patrocinados e SEO - Google

 

Passo 2: Entenda como funciona uma campanha no Google Ads

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Imagine que o Google Ads segue a mesma lógica de funcionamento que um celular pré-pago: você insere um valor determinado de créditos na ferramenta e, conforme a utilização, esse saldo é descontado do total.

Semelhança entre Busca do Google e Celular

Quando usamos um celular pré-pago, cada tipo de ligação possui um valor, certo? Ou seja, ligações entre a mesma operadora são mais baratas e interurbanos custam mais caros. O mesmo acontece com o Google Ads e, dependendo do segmento do seu negócio e da relevância dos anúncios, entre outros fatores, você poderá pagar valores diferentes pelos seus anúncios. (sobre isso falaremos mais no video do final)

Mas quando você será cobrado na sua campanha de Google Ads? Basicamente, existem duas formas de consumir seus créditos na ferramenta, quando alguém clica no seu anúncio ou apenas após mil impressões dele. (quanto a forma de pagamento em campanhas no Google, você pode optar por pagamentos pré pagos ou automáticos, escolhendo boleto ou cartão de crédito)

Quer entender mais como funciona a busca do Google? Então dá o play no video abaixo

 

Passo 3: Escolha o tipo de campanha mais adequada

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

O Google Ads envolve muito mais do que o mecanismo de busca do Google. Os anúncios veiculados na ferramenta também podem ser exibidos na rede de parceiros do gigante de buscas, que vão desde blogs de assuntos segmentados até os sites da Abril, Globo, Terra, por exemplo.

Por isso, há mais de um tipo de campanha que você pode utilizar para atingir os objetivos do seu negócio.

De maneira geral, existem 4 grandes tipos campanhas:

Rede de pesquisa:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

Esse é o formato mais conhecido das campanhas de Google Ads e são os famosos anúncios que aparecem quando um usuário pesquisa por um ou mais termos no mecanismo de busca.

Como dissemos no início do artigo, os anúncios podem aparecer tanto na parte superior quanto no final da página.

Abaixo te explicamos os outros tipos de campanhas, mas se quiser assistir uma video aula gratuita e ver como funciona na prática, anúncios no Google Ads além da Rede de Pesquisa, é só apertar o play no video abaixo:

 

Rede de display:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

A rede de display compreende justamente os sites parceiros do Google, permitindo a veiculação tanto de anúncios de texto quanto de anúncios gráficos, ou seja, com banners e videos.

Essa é uma excelente opção para quem deseja divulgar uma marca e ampliar o seu conhecimento, uma vez que o Google Ads permite a seleção de sites por interesses, tópicos, canais e palavras-chave.

 

 

Google Shopping:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

Excelente opção para quem possui uma loja virtual, o Google Shopping exibe uma vitrine de produtos com seus respectivos preços no topo da busca. Dessa forma, se um usuário procura por “fone de ouvido”, as lojas aparecem antes dos resultados com as respectivas fotos dos produtos e preços.

Google Shopping e Rede de Pesquisa

 

Vídeos:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

Formato com grande potencial de engajamento, os vídeos estão cada vez mais em alta, afinal, o brasileiro passa muito tempo consumindo esse tipo de conteúdo na internet.

Por meio do Google Ads é possível veicular anúncios também no YouTube. Eles podem aparecer tanto nos “vídeos recomendados” como em banners ao lado do vídeo assistido pelo usuário no momento.

 

anúncio de video recomendado - youtube

 

anúncio google ao lado de video no youtube

 

Passo 4: Analise as vantagens de anunciar no Google Ads

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

É muito comum os marinheiros de primeira viagem ficarem em dúvida se realmente vale a pena anunciar no Google Ads. Para tirar a sua dúvida antes de você entrar de vez nesse universo digital, separamos alguns benefícios da ferramenta que podem te convencer:

Vantagens de Anunciar no Google Ads

1 – Segmentação:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

É muito difícil encontrar no mercado empresas que possuam a verba e o porte necessários para apostar em divulgações que não impactem diretamente os seus públicos para que, assim, os resultados sejam mais efetivos. Com o Google Ads é possível segmentar as campanhas e anúncios para que eles aparecem na hora certa para as pessoas certas. (já sabe quem é seu cliente ideal? Então baixe o guia gratuito)

Nesse momento, tem pessoas buscando pelo seu serviço ou seu produto, duvida? Então dá uma olhada no video abaixo:

2 – Mensuração:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

Uma grande vantagem do marketing digital é que você consegue acompanhar em tempo real os resultados das campanhas e, com o Google Ads não poderia ser diferente. É possível saber quais as palavras-chave, anúncios, dias, horários e canais que estão performando melhor. Dessa forma, você consegue ajustar estratégias e otimizar os investimentos para conseguir mais resultados.

3 – Investimento acessível:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

Como é você mesmo quem determina o valor que será investido na ferramenta não é preciso dispor de grandes verbas de mídia para divulgar o seu negócio e aumentar as vendas. Além disso, você só paga pelos anúncios quando o usuário clica (no caso da Rede de Pesquisa)

4 – Agilidade:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

No marketing digital (e para seu negócio) agilidade é essencial. Quando você anuncia no Google Ads não é preciso passar por extensos processos burocráticos ou esperar durante dias para a sua campanha entrar no ar. Pelo contrário, os seus anúncios são veiculados em poucas horas (as vezes minutos) e você ainda pode deixá-los programados para que sejam exibidos apenas a partir de uma data específica, como também em horários específicos.

 

Passo 5: Estude antes de começar

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Contenha os impulsos antes de ficar maravilhado com o Google Ads e sair criando campanhas para que você não se decepcione no futuro com o fato de que os resultados foram abaixo do esperado.

Como qualquer outro tipo de ação, anunciar na ferramenta exige planejamento e objetivos muito claros. Por isso, separe algumas horas para definir as suas metas e indicadores de sucesso, um cronograma de atividades e os responsáveis por cada etapa.

Sabe qual o primeiro passo para ter resultados com seus anúncios? Te conto no video abaixo:

 

Aqui na KI, temos um checklist de criação de campanhas no Google Ads super completo, dá uma olhadinha:

Passo a Passo de como Anunciar no Google Ads

Também é importante fazer uma pesquisa do mercado, dos concorrentes e, principalmente, do seu negócio. Afinal, é muito comum vermos empresas de grande potencial que tiveram que fechar as portas justamente porque não sabiam quem eram e para onde precisaram ir. Nesse sentido, uma boa dica é utilizar o modelo Canvas para fazer uma verdadeira imersão na sua empresa.

Veja abaixo o nosso modelo de Canvas, para você se inspirar.

Como fazer um modelo de Negócios com o Canvas

E nesse link, tem a ferramenta Sebrae Canvas, para você fazer o seu.

Por fim, não deixe de conhecer a fundo quem é o público-alvo da sua empresa para que as campanhas sejam mais efetivas. Imagine quem seria o seu cliente ideal (está com dificuldades? Baixe então o Guia Gratuito) e levante informações como idade, poder aquisitivo, problemas enfrentados, desejos, necessidades e como seu produto ou serviço pode ajudá-lo.

Todas essas informações vão lhe ajudar planejar a sua campanha no Google Ads e fazer com que ela traga resultados incríveis!

 

Passo 6: Escolha as melhores palavras-chave

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Escolher as palavras-chave mais adequadas pode ser determinante para a sua campanha dar certo. Por isso, é preciso pensar muito bem antes de sair escolhendo termos aleatórios.

Evite escolher termos muito genéricos, como “sapato”,  justamente por eles serem mais concorridos e não transmitirem de forma exata o que o seu negócio vende ou está oferecendo.

O termo “sapatos masculinos sociais”, por exemplo, pode ser muito mais adequado e efetivo para aumentar a relevância da sua campanha.

Google Trends para escolher palavras chave

Para te ajudar nessa tarefa, utilize as próprias ferramentas do Google que ajudam a identificar tendências e sugerem novas opções de palavras-chave, como o Google Trends e o Planejador de Palavras-Chave.

O Keyword Tool também é uma excelente ferramenta para apresentar ideias de novas palavras-chave e ainda organizá-las por ordem alfabética. (ideias não vão faltar, é recomendado ir separando em uma planilha as que mais são importantes e ir montando seu planejamento)

Quer ver como usar o Google Trends na prática e descobrir mais uma ferramenta, que vai te ajudar a atrair mais clientes para seu negócio? Então aperta o play no video abaixo:

 

Passo 7: Lembre-se dos tipos de correspondência de palavras-chave

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Existem diferentes tipos de correspondência de palavras-chave no Google Ads para que a sua campanha seja mais eficaz e otimizada. Conhecer essas opções e utilizá-las da melhor maneira possível vai ajudar na segmentação e conversão dos seus anúncios.

 

correspondência de palavras chave em anúncios do Google Adwords

 

É importante acompanhar com frequência o relatório de termos de pesquisa da sua campanha depois que ela entrar no ar, para que você obtenha novas ideias de palavras relevantes e negative aquelas que possam estar prejudicando os anúncios.

Ficou meio perdido ou perdida, com tantas correspondências de palavras chave no Google Ads? O video abaixo vai te ajudar a entender melhor

 

Passo 8: Estruture a sua campanha no Google Ads

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Uma campanha no Google Ads na rede de pesquisa é estruturada da seguinte forma: campanha, grupo de anúncios e palavras-chave. Entender essa estrutura fará com que você veicule campanhas com maior potencial de conversão e alta qualidade.

Estrutura da Campanha do Google Adwords

Campanha:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

Nesse nível você deverá definir configurações como idioma, orçamento da campanha e valor do lance nas palavras-chave, período da campanha, locais de veiculação, tipos de campanha (rede de pesquisa, display, Google Shopping ou Video) e programação de anúncios (dias e horários em que os anúncios serão exibidos).

Grupo de anúncios:

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

No grupo de anúncios serão definidos as palavras-chave e os canais de exibição. Aqui, é importante lembrar da fase de planejamento para que a sua campanha fique bem segmentada e você priorize os diferenciais ou características com maior poder de conversão. Ou seja, se os vestidos floridos de seda são os campeões de venda da sua loja e, ainda por cima, possuem uma margem de lucro alta, vale a pena criar um grupo de anúncios só para eles e ainda determinar uma verba maior para potencializar o seu retorno.

Quer uma dica extra? Pense na seguinte proporção: sua campanha deve ter ao menos dois grupos de anúncios, um para cada tipo de produto ou serviço; dois anúncios em cada grupo, para trabalhar comunicações diferentes e, ao menos, 5 palavras-chave de qualidade e 5 negativas.

Nesse video, te conto mais como é a organização de campanhas de Rede de Pesquisa no Google Ads

Passo 9: Saiba como exibir os seus anúncios no Google Ads sempre no topo da página

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Todo mundo que começa a veicular uma campanha no Google Ads tem o desejo de já começar no topo. Saiba que, para isso, não é preciso dar lances maiores, e sim, conhecer o índice de qualidade da ferramenta.

Indice de Qualidade do Google Adwords

Para aparecer nas primeiras posições do Google, um anúncio precisa seguir 3 pilares para que seja relevante: o lance, a classificação dos anúncios e o diferencial da sua campanha.

O lance é sim importante, principalmente se a palavra-chave do seu segmento for concorrida. No entanto, de nada adiantará dar lances altos se a qualidade da sua campanha estiver ruim.

Por isso, é preciso estar sempre atento nos textos dos seus anúncios, na estrutura da sua campanha e na qualidade da página de destino. Ou seja, se você estiver anunciando vestidos de flores para o verão e o anúncio direcionar o usuário para uma página institucional do seu site, pode apostar que a qualidade da sua campanha vai cair.

Por fim, vale destacar que as extensões de anúncios também contam muitos pontos no índice de qualidade da sua campanha no Google Ads. Elas nada mais são do que informações adicionais sobre a sua empresa que agregam mais valor aos anúncios, uma vez que a taxa de cliques tende a aumentar para quem utiliza esse tipo de recurso.

Quer saber mais sobre índice de qualidade e melhorar os resultados das suas campanhas no Google Ads? É só apertar o play 😉

 

Passo 10: Crie anúncios relevantes no Google Ads

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Criar anúncios relevantes no Google não quer dizer jogar um monte de palavras e frases aleatórias na ferramenta. Por isso, o primeiro passo é ser específico e enfatizar os diferenciais do seu negócio.

Voltando ao exemplo dos vestidos, ao invés de divulgar “vestidos femininos floridos” apenas, o ideal seria dizer algo como: “vestidos femininos de seda para usar no verão em vários tamanhos e cores”.

Lembre-se de também usar a palavra-chave escolhida no texto do anúncio para torná-lo ainda mais relevante e editar a URL de exibição do anúncio para que ela faça sentido com o que está sendo anunciado.

Por fim, teste sempre ao menos duas abordagens diferentes para que você consiga entender qual delas traz mais resultados. (lembre da dica extra no passo 8)

Além de criar no mínimo dois anúncios de texto expandido em cada grupo de anúncios, crie também anúncios responsivos e deixe a machine learning do Google Ads, trabalhar a seu favor.

 

Passo 11: Não publique a sua campanha no Google Ads antes de fazer esse check-list

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Calma, ainda não está na hora de veicular a sua campanha no Google Ads! Antes de começar, não deixe de verificar alguns itens fundamentais para o sucesso:

1 – Defina o que será uma conversão

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

Parece óbvio, mas pensar no que será a conversão da sua campanha é essencial para não precisar parar a campanha no meio do caminho e ter que começar tudo do zero.

Se a conversão será um formulário de contato, por exemplo, verifique se o seu site tem uma URL de confirmação para que você consiga instalar o código de conversão do Google Ads nela. (e também depois, poder criar listas segmentadas de remarketing)

Caso contrário, você não conseguirá mensurar os resultados da campanha e, muito menos, entender melhor o comportamento e as palavras-chave mais utilizadas pelos usuários.

Além disso, a URL de conversão possibilita a criação de campanhas de remarketing que impactem pessoas que chegaram até a página do formulário, por exemplo, mas não o preencheram.

Lembre-se de que 97% dos visitantes de um site não convertem da primeira vez, por isso, o remarketing é extremamente importante.

Remarketing de Anúncios do Google Adwords

 

Já ouviu falar sobre Remarketing, mas não sabe muito bem o que é? Te conto nesse video:

2 – Vincule a conta do Google Ads ao Google Analytics

[nz_sep top=”2″ bottom=”10″ width=”150″ height=”3″ type=”dotted” color=”#e0e0e0″ align=”left” /]

O Google Ads apresenta indicadores muito importantes a respeito do desempenho da sua campanha, no entanto, para uma análise mais profunda e entendimento do comportamento do seu público, o Google Analytics é fundamental.

Com os dois, você não apenas conseguirá entender as abordagens dos anúncios e palavras-chave que mais convertem, como também, analisar se o seu site precisa de alguma modificação para se tornar mais atrativo e, assim, impulsionar as conversões.

Para vincular as contas, acesse a Ajuda do Ads e siga as etapas que estão descritas por lá.

Google Adwords e Analytics

 

Passo 12: Obtenha mais sucesso com a sua campanha de Google Ads

[nz_sep top=”10″ bottom=”10″ width=”200″ height=”5″ type=”solid” color=”#f0634c” align=”left” /]

Agora que você já está apto a criar uma campanha com alto poder de conversão no Google Ads, temos uma dica bônus para que ela seja ainda mais eficaz.

Ao montar a sua estratégia de Google AdWords, defina quais localidades são mais importantes para o seu negócio e dê lances diferenciados. Ou seja, se você precisa focar em Rio de Janeiro, por exemplo, priorize essa região na campanha.

Não deixe também de acompanhar os horários, dias e dispositivos (celular, tablet ou desktop) que mais trazem conversão para o seu site. Foque no que traz resultado com a maior porção do investimento para que você consiga ser ainda mais efetivo nos resultados!

Ficou com alguma dúvida sobre como anunciar no Google Ads? Deixe a sua pergunta nos comentários para que possamos ajudá-lo!

Já anuncia no Google Ads, mas sente que não tem os resultados que poderia? Preencha o formulário abaixo e enviaremos um diagnóstico com pontos de melhoria para você GRATUITAMENTE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *