Dia dos namorados: suas campanhas realmente falam com seu público?

O dia dos namorados está chegando e você já está no clima das canções do Elton John (Can You Feel The Love Tonight) ? Nos perdoe, mas precisamos te contar que apesar de super-romântica, essa data foi criada com objetivo puramente comercial. E que o João Doria, pai do atual governador de São Paulo, é o verdadeiro cupido dessa história. Mas, em compensação (para apaziguar  sua possível desilusão), temos números e insights sobre a data direto do escritório do Google e um presente especial para você deixar os seus leads apaixonados.

 

O ano era 1948, e a extinta rede de lojas Exposição Clipper precisava aquecer suas vendas no mês de junho, que tinha o pior faturamento. Contrataram então o publicitário João Doria (pai), na época a frente agência Standart Propaganda, que inspirado do dia das mães decidiu instituir uma nova data para trocas de presentes.

Não é nenhum “era uma vez”, mas é assim que começa a história do dia dos namorados, que pegou o gancho com o dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro (comemorado no dia 13 de junho), tomou força em outras regiões no ano seguinte e passou a integrar o calendário nacional.

“Não é só com beijos que se prova o amor!” e “não se esqueçam: amor com amor se paga” foram os slogans que Doria utilizou na sua campanha. Não sabemos se você se identifica com essas frases, mas o que podemos afirmar é que hoje, 71 anos após a inventividade de Doria, 64% dos casais não se sentem representados pelas campanhas de dia dos namorados. Esse dado preocupante, faz parte de um estudo sobre a data que recebemos do Google. E é sobre esses números que queremos refletir.

Consideramos justas todas as formas de amor?

Convidamos você profissional de marketing ou dono de negócio a pensar: se mais da metade dos casais não se sentem representados pelas campanhas de dia dos namorados, o que está sendo feito de errado?

Aqui vão algumas pistas que retiramos no relatório:

💘32% dos casais representados nas mídias são heterossexuais;

💘 24% formados por pessoas de idades diferentes;

💘 Apenas 21% são casais de etnias diferentes;

💘 Só 13% são casais homoafetivos;

💘 E 11% transsexuais;

Fica claro que há uma falta de representatividade, mas mesmo que esses dados ainda não convençam completamente, ainda temos mais um. 69% dos casais gostariam de ver mais diversidade na comunicação de mídia  (número que sobe para 76% quando falamos apenas de casais de namorados).

Fica aqui a dica ninja (e do Google) para quando você estiver planejando as suas campanhas.

Quer inspirações para campanhas criativas de dia dos namorados. Olha só o que a Ikea preparou para comemorar a data em 2019:

Amor e números não combinam?

Essa seção está aqui para provar justamente o contrário ❣❣  (ainda com dados do Google)

62%

Essa é a porcentagem de internautas que estarão em algum tipo de relacionamento no dia dos namorados em 2019 (salvo alguns términos repentinos que não tem como prever rsrs). Desses 87% estarão namorando ou casados;

34%

É a parcela de apaixonados que pretende comprar o presente do dia dos namorados pela internet. 37% dos casados costumam comprar online, enquanto no caso dos namorados, esse número cai para 30%

R$ 418

Esse é o valor médio que os comprometidos pretendem gastar com a data. 52% dos namorados pretendem comprar dois ou mais presentes, enquanto no time dos casados 60% irá investir em apenas um presente. Por outro lado, quando se trata de valor este cenário muda: os namorados pretendem desembolsar em média R$377, já os que já subiram ao altar, estimam gastar em média R$ 424.

Quer saber como deixar os seus leads apaixonados?

Ainda no clima “love is in the air” preparamos um material mais que especial. Não trazemos o lead amado de volta em 7 dias, mas damos dicas imperdíveis no guia para montar uma estratégia de nutrição que não o deixe escapar. Afinal, não adianta atrair visitantes para o seu site se não souber mantê-los, não é?!

Faça o download grátis e crie uma jornada de amor com seus leads 😍