Nova integração do Search Console com o Google Analytics

 

Conseguir um bom posicionamento nos resultados de pesquisa do Google é um dos grandes objetivos de quem aposta no seu site para melhorar os negócios. O Google Analytics e o Search Console são ferramentas incríveis para conquistar essa meta, mas, antes, você tinha que analisar cada uma isoladamente.

Agora, não precisa mais ficar alternando entre as métricas do Google Analytics e as do Search Console. Os dois relatórios foram integrados para que você tenha, em uma mesma tela, uma visão geral de dados de aquisição, comportamento e conversão!

monitore a presença do seu site nos resultados de pesquisa

O Search Console

Se você trabalha com marketing digital ou é o responsável pelo site da sua empresa, com certeza já usa o Search Console do Google. Não? Então comece já!

O Search Console é uma ferramenta gratuita do Google com a qual você pode monitorar a presença do seu site nos resultados de pesquisa. Com ela, você entende como o Google enxerga o seu site e usa essas informações para melhorar e atrair mais visitas. Se você não estiver visível para o Google, game over.

Entre as facilidades que esse recurso oferece, você pode: verificar se o Google tem acesso à sua página (e, assim, pode exibí-la nos resultados das buscas); remover conteúdos que você não quer que sejam exibidos nas pesquisas; evitar e corrigir problemas que impeçam que seu site apareça entre os resultados e monitorar as atividades de spams e malwares nele.

E, caso você ache que o Search Console não faz parte da sua lista de funções, saiba que ele é útil para diversos cargos dentro da sua empresa. Se você delegou os cuidados com o site para outra pessoa, ainda assim é bom ter controle sobre o desempenho dele, sabendo analisar as métricas e tomar decisões importantes que apenas o chefe pode tomar.

Para os profissionais de marketing digital e SEO, a ferramenta é fundamental na hora de planejar estratégias de marketing digital, além de permitir uma análise de desempenho altamente qualificada. O administrador do site pode usar o Search Console para corrigir problemas no site como a demora no tempo de carregamento das páginas e falhas de segurança, e os desenvolvedores de web têm como usá-lo para monitorar problemas de marcação e erros estruturais no site.

monitore o tráfego de acesso ao seu site

O Google Analytics

O Google Analytics também é uma ferramenta gratuita que monitora o tráfego. Com ele, você tem acesso não apenas ao número de pessoas que acessaram o site durante um determinado período, mas também a forma como esses visitantes se comportaram. O que eles viram? Quanto tempo eles ficaram?

Ou seja, além de saber se seu site está sendo visto e visitado, você sabe quais páginas as pessoas mais abrem, para qual seção vão depois, quantas acabam desistindo e fechando o site no meio do caminho e quantas realizam as ações que você esperava. E, também, você pode ver uma lista de onde estão vindo seus acessos: pesquisas em ferramentas como o Google, links em redes sociais, links em outros sites etc.

Portanto, esse é mais um recurso que você não pode deixar de ativar se quiser melhorar o desempenho do seu site.

tenha uma visão completa do seu site nos resultados orgânicos das pesquisas

A interação

Antes, você precisava analisar as métricas do Google Analytics e do Search Console separadamente. Porém, com a nova integração, elas aparecem lado a lado e permitem que você tenha uma visão completa de como seu site está se saindo nos resultados orgânicos das pesquisas.

No que isso ajuda realmente? Bem, você tem a oportunidade de fazer relações com maior facilidade entre a forma como as pessoas chegam ao site e o que fazem depois que já estão lá.

Por exemplo:

– Você pode descobrir quais landing pages estão atraindo bastante tráfego pelas pesquisas, mas que, depois que são visualizadas pelo visitante, não geram engajamento. Nesse caso, você percebe que precisa melhorar as páginas e deixá-las mais atrativas.

– Ou pode acontecer o contrário. Uma página que gera bastante interação com os usuários, mas quase não aparece nos resultados de buscas. Portanto, você descobre que precisa melhorar o título e a descrição dela para corrigir o problema e atrair mais visitas.

– Você também pode descobrir quais palavras-chave conseguem bom posicionamento para cada página, o que é fundamental para trabalhar bem o marketing digital.

– Outro recurso agora é segmentar o desempenho do site na pesquisa orgânica de acordo com o dispositivo (desktop, tablete, smartphone).

Usando essa integração, você pode analisar os dados de pesquisa orgânica do começo ao fim. Com essa visão mais abrangente, você vai tirar conclusões mais certeiras e poderá agir com mais segurança na administração do site. Vai poder comparar certas métricas, como a quantidade de impressões ou o seu posicionamento nas páginas de resultados, com outras, como taxa de rejeição e como o usuário se comporta após abrir o site. Ou seja, você vai tirar mais proveito das informações sabendo como as pessoas chegaram ao site e, depois, o que fizeram por lá. Controle total!

 ressalvas sobre a nova integração das duas ferramentas

Algumas observações

O blog do Google Analytics trouxe, porém, algumas ressalvas sobre a nova integração. Elas são:

– Todos os novos relatórios vão mostrar seu desempenho na pesquisa orgânica.

– Métricas de landing pages, países e dispositivos serão exibidas tanto no Search Console quanto no Google Analytics. Porém, as métricas de palavras-chave serão exibidas apenas nos dados do Search Console para cada palavra-chave específica.

– Nem todos os recursos do Google Analytics estão disponíveis para os dados do Search Console, inclusive a segmentação. Por isso, qualquer segmentação que você aplique nos novos relatórios será usada apenas para dados do Analytics.

– Algumas informações poderão não ser exibidas, como palavras-chave que são pesquisadas com pouca frequência ou palavras-chave que incluam informações pessoais ou confidenciais, para respeitar a privacidade dos internautas.

E, então? Já está aproveitando todos esses recursos para melhorar o desempenho do seu site para conseguir um bom posicionamento no Google? Não perca mais tempo!

Compartilhe este texto e nos diga o que está achando da nova integração do Search Console com o Google Analytics.


Deixe seus Leads Apaixonados - Baixe o E-book Gratuito