Email marketing – Como Fazer um Fluxo de E-mails e Nutrir seu Lead com Informações

Se você já tem uma estratégia de captura de e-mails no seu site, já deu passos importantes dentro do marketing digital. Um formulário de orçamento, um e-book gratuito para ser baixado ou outro recurso desse tipo vale ouro para que as pessoas interessadas no seu produto ou serviço deixem um contato! Mas de que adianta montar todo esse plano e não manter esse possível cliente bem informado?

Por isso é tão importante trabalhar na nutrição de leads. Como? Não deixando que essas pessoas fiquem sem receber mais conteúdo que pode levá-las a virarem seus clientes. Elas confiaram seus e-mails a você, por que não usá-los para ajudá-las na tomada de decisão? Todo mundo só tem a ganhar!

E-mail marketing

A importância de leads bem nutridos

Imagine o cenário: alguém entra no seu site porque imagina que você possa resolver um problema que ele tem. Ele pesquisa nas suas páginas e acaba preenchendo seu formulário de orçamento. Mas talvez ele ainda não esteja bem certo de que o seu serviço é o ideal. Se você responder apenas com os valores, talvez ele nem entre mais em contato.

Agora pense nesta outra situação: a mesma pessoa acessou seu site e deixou o e-mail no formulário de orçamento. Antes de receber os valores, ela recebe uma sequência de e-mail marketing informando como o tipo de serviço que você oferece ajuda a resolver o problema que ela tem, contando histórias de sucesso de outros clientes seus, respondendo as dúvidas mais frequentes que as pessoas têm ao contratar o serviço etc.

Agora não é apenas alguém que ainda está pesquisando e tentando descobrir se realmente precisa de você. É um lead que, além do interesse inicial que demonstrou pela sua empresa, sabe o quanto o serviço vai ser útil para ele, o quanto de experiência a sua empresa tem e já tirou várias das dúvidas que poderiam surgir. Você acha que vai ser mais fácil ou mais difícil fazer essa venda? Mais fácil, é claro!

Não só ele já está mais convencido de que sua solução é a certa para ele, mas também a equipe de vendas terá menos trabalho no contato, já que haverá menos dúvidas e menos resistência. E tudo isso por conta de uma sequência de e-mails (geralmente automatizada) e de um custo altamente inferior do que fazer propaganda tradicional. Por que perder essa oportunidade de aumentar a conversão do seu site?

 

Como planejar a nutrição de leads

Agora que você já viu o quanto a estratégia de nutrição de leads pode trazer benefícios, vamos dar uma olhada em como esquematizá-la.

Personalize a mensagem: Procure criar e-mails que tenham a ver com o interesse específico do lead. Exemplo, se ele deixou o e-mail em troca de um e-book sobre como planejar refeições para quem mora sozinho, não vá mandar mensagens que ensinem a cuidar da alimentação da família. Encaminhe um conteúdo específico e relevante. Você pode, por exemplo, conversar com sua equipe comercial para entender quais são as maiores dúvidas dos clientes daquele segmento e, assim, criar um texto para respondê-las.

Aproveite o conteúdo que você já tem: Se você tem um blog ou vídeos dentro da sua estratégia de marketing digital, use-os para os e-mails. Recicle o material para que esteja bem atualizado e compartilhe as mensagens com links para a postagem original, assim os leads também podem acabar passando um tempo no seu blog e lendo mais informações. E, levando mais pessoas para o seu site, você também aumenta a conversão dele.

e-mail marketing

Planeje cada etapa: Qual e-mail deve ser enviado primeiro? Qual ordem as informações farão mais sentido para os leitores? É importante que sua sequência de e-mail marketing siga uma lógica e realmente ajude o lead a se aproximar do momento de decisão.

Sempre é bom começar com um conteúdo mais geral, ensinando os primeiros passos e tirando as dúvidas mais comuns. No segundo momento, aprofunde os tópicos anteriores e dê informações mais detalhadas. Depois, mostre soluções, conte estudos de caso e apresente outros clientes que você ajudou. Por fim, fale diretamente do seu produto ou serviço, mostrando as vantagens, o valor que ele traz e como ele funciona.

Coloque um call to action em todos os e-mails: Em todas as mensagens, facilite o caminho do lead que decidiu se tornar um cliente. Talvez já no segundo ou terceiro e-mail ele se sinta pronto para fazer a compra, não deixe que ele tenha que descobrir sozinho como fazer isso. Sempre inclua no e-mail um link para levá-lo à sua página de vendas ou de contato com um vendedor, isso vai aumentar muito a conversão do site.

Não perca tempo: Assim que conseguir o e-mail do lead, deixe programado o primeiro e-mail. Os sistemas de automação fazem com que isso seja muito fácil, vinculando o envio do primeiro e-mail assim que a pessoa conclui uma ação, como baixar um e-book. Não deixe esse possível cliente se esquecer de você, entre em contato logo.

Mensure o desempenho: Conforme sua campanha de nutrição de leads for avançando, verifique as taxas de conversão para saber o que está dando certo e o que deve ser trocado. Que tipos de e-mails trouxeram mais cliques no call to action? Que tipo de e-mails acabaram fazendo com que mais pessoas pedissem para ser descadastradas? Aos poucos, você afina sua campanha e consegue saber qual conteúdo é mais certeiro para agradar o público.

e-mail marketing

Uma abordagem mais fácil

Um lead bem informado e com menos dúvidas é uma oportunidade muito maior de conquistar um cliente do que alguém que simplesmente passou pelo seu site e, depois, foi fazer outra coisa. Não perca a oportunidade de contato com alguém que já mostrou interesse pela sua empresa, você sabe o quanto é difícil chamar a atenção em meio à infinidade de conteúdo da internet. Você já deu o primeiro passo, não perca o pique da maratona!

Imagine o quanto uma campanha de e-mail marketing para nutrição de leads pode ser algo fácil de montar, simples de manter com uma ferramenta de automação e poderoso para aumentar as vendas. Poucas estratégias de marketing têm um custo tão baixo para um retorno tão bom, já que você não vai tentar vender seu produto ou serviço para pessoas aleatórias, mas para alguém que já o procurou e que já tem informações suficientes para tomar uma decisão. E esse é um lead que você não quer perder!

 

Já começou sua estratégia de nutrição de leads? Conte para nós como ela está indo! E que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais e espalhar o conhecimento? Ajude seus colegas também!

 


 

 

Deixe seus Leads Apaixonados - Baixe o E-book Gratuito

Posts Relacionados