Cérebro humano reage aos emoticons como rostos reais

Emoticons como 🙂 tornaram-se tão importantes na Comunicação Online que estão mudando a maneira de como o cérebro humano funciona , segundo a descoberta do Dr. Owen Igrejas, da escola de psicologia da Universidade Flinders, em Adelaide.

Os emoticons são usados ​​para fornecer pistas de como são as nossas reações através de  SMS, e-mails e tweets. Onde pode ser difícil descrever somente com palavras o que estamos sentindo, sendo assim, os símbolos são traduzidos como um rosto humano.

Em pesquisas realizadas por Dr. Owen, ele descobriu que quando vemos um rosto, há uma reação muito específica em partes do cérebro, a mesma reação ocorreu em 20 participantes em um estudo onde foram mostrados emoticons (quando eram vistos apenas no formato tradicional, da esquerda para a direita). Já há outra percepção quando estavam invertidos, da direita para a esquerda, a reação esperada não foi encontrada.

O Estudo mostrou que os humanos, quando leem 🙂 , enxergam da mesma forma que um rosto humano ,mas não tem a mesma reação com (: 
O estudo foi publicado pela  revista Neuroscience social.

[info]
A origem de emoticons (nomeado como uma junção de emoção e ícone) não é clara. O The New York Times publicou uma transcrição de um discurso de Abraham Lincoln, que inclui o texto “aplausos e risos ;)” mas há um debate sobre ser um erro de digitação ou a representação de um rosto piscando.
[/info]

[info]
O primeiro uso documentado de “:-)” foi em 1982, quando Scott Fahlman postou em um fórum de mensagens para cientistas da computação da Universidade Carnegie Mellon, propondo que ele seja usado como um “marcador de brincadeira” para evitar ambigüidade.
[/info]

Fonte: Telegraph