Tendências de social media para 2020

É detox nas redes sociais que você quer @? A nova atualização do Instagram pode te ajudar. Agora é possível visualizar entres as contas que você segue, quais são os perfis que você menos interage (caso seu app esteja atualizado, o grupo fica visível na aba Seguindo, do seu perfil);

A intenção não é o unfollow, pelo contrário, é até uma segunda chance dos usuários retomarem o contato com aqueles perfis mais esquecidos. Fato é que essa novidade deixa uma pulguinha atrás da orelha: será que o perfil da sua empresa está no grupo dos esquecidos?

Não por coincidência as redes sociais são o tema de hoje. E separamos algumas dicas preciosas para te ajudar a ficar no grupo dos queridinhos dos feeds.

Ficou interessado? É só rolar o mouse ou o dedo!

Newsletter de marketing digital KI Agência

Autoconhecimento é importante, mas não é tudo!

Sabe aquela lógica do “conhece-te a ti mesmo”? Então, no marketing ela pode ser traduzida em: conhecer bem o seu negócio, seu cliente ideal e suas personas. Assim como o autoconhecimento é fundamental para o desenvolvimento pessoal, os três pontos citados anteriormente são fundamentais para o crescimento de marca. Mas, isso não é tudo!

O conhecimento do externo (mercado) e das ferramentas também é tão fundamental quanto. Afinal, é muito mais fácil pregar um prego com um martelo do que com um alicate, não é mesmo? Bom, toda essa explicação foi para mostrar que tão importante quanto ter uma boa estratégia de social media, é saber em que rede social aplicá-la. E para isso, a pesquisa feita pelo portal Meio & Mensagem, pode ajudar e muito.

Tendências social media 2020 - vantagens e desvantagens de cada rede social
Tabela produzida e divulgada pelo portal Meio & Mensagem

O portal Meio & Mensagem não foi o único a realizar suas pesquisas. O sistema norte-americano de gerenciamento de mídias sociais Hootsuite, também acionou seus “contatinhos” (leia-se: realizou um pesquisa com 3.100 profissionais de marketing e mais de 30 entrevistas com especialistas) para descobrir o que estará em alta durante esse ano nas redes. O resultado, foi a identificação de 5 tendências globais de social media:

📌 Equilíbrio entre o engajamento público e privado: o futuro será privado, já anunciou Mark Zuckerberg. Mas, por outro lado, a ascensão de redes sociais como o TikTok mostram que ainda há muito espaço para o consumo de conteúdo público. O caminho, segundo o Hootsuite, é saber ponderar e usar esses dois tipos de engajamento. Buscar mais alcance através do feed público e aprofundar o relacionamento com o cliente através do privado;

📌Qual a sua causa? Vendas de dados, fake news e outros escândalos abalaram ainda mais a confiança nas redes sociais e nas instituições, é claro. Com isso, a cobrança para que as empresas se posicionem diante de questões sociais cresce exponencialmente. E a cobrança não é apenas para com os clientes, mas também com os funcionários. Cada vez mais as empresas ganham papel na construção de um mundo mais justo. Ou seja, não adianta defender lutas sociais apenas no discurso, é preciso colocá-la em prática dentro de casa;

📌Raio TikTokzador: não dá para negar o crescimento vertiginoso do app Chinês, afinal o TikTok foi o aplicativo mais instalado no primeiro trimestre de 2019 e possui atualmente 800 milhões de usuários ativos. Os números impressionam, mas são eles também que dão outro ângulo dessa história de sucesso. Segundo estatísticas do Trust Insights e Talkwalker consultadas pela Hootsuite, o número de usuários que saem do TikTok é tão expressivo quanto os que entram. Mas isso não é motivo para ignorá-lo. O app é a porta de entrada para entender e impactar a Geração Z, já que 69% dos usuários da rede tem entre 16 e 24 anos;

📌Para os profissionais de marketing: boas taxas de conversão são importantes, mas ao que indica o relatório da Hootsuite, os bons profissionais de marketing precisam de mais do que vitórias táticas em 2020. O crescimento de um marca exige estratégias de marketing de longo prazo, investimento em felicidade do cliente e diferenciação. Ou seja, as empresas precisam equilibrar ativações de vendas e construção de marca. Já os profissionais “ferramentistas”, precisam desenvolver uma visão mais holística, caso não queiram ser substituídos pelas automações de processos;

📌O mercado já é baseado em dados: nunca o mercado de marketing acessou tanto os dados como agora. Porém, apesar dos avanços nas ferramentas de mensuração e do senso qualitativo do impacto das mídias sociais, ainda é desafio medir quantitativamente seu efeito. O relatório da Hootsuite, entretanto, identificou três características na medição dos entrevistados que se declaram muito ou extremamente confiantes na medição do ROI. São eles: 1. Unir dados sociais com outros dados para uma visão holística; 2. Concentrar-se na integração omnichannel; 3. Não reinventar a roda quando se trata de atribuição.

Motivado, mas não sabe por onde começar?

Neste vídeo você encontra dicas práticas de como criar um calendário editorial para as suas redes sociais.

Aperta o play!

Gostou deste conteúdo? Ele faz parte da news que enviamos semanalmente. Quer receber gratuitamente as principais novidades do marketing digital na sua caixa de e-mail? Clique e inscreva-se na KI News !

Posts Relacionados