Caixa, caixinhas ou Caixões

Como você vê as coisas, limita-o a pensar diferente e atrair novos resultados

[error]
“O Mundo da Realidade tem os seus limites; o mundo da imaginação é o infinito”  Jean Jacques-Rousseau
[/error]

 

Vários projetos rolando, competição acirrada e parece que tudo é mais do mesmo. Se você já se sentiu assim, certamente pensou em modificar todas as estratégias. Neste momento você lembra que nem todos os Clientes dispõem de verbas estratosféricas para deitarmos e rolarmos em nossas ações.  Durante essa jornada, você percebe que a criatividade não pode ficar refém do investimento que temos para executar todas as ideias. Sim, sabemos que o investimento é importante, mas na maioria das vezes temos que fazer sempre mais com menos.

A competição no mundo virtual é diária. Nossos concorrentes também estão ali, e temos a missão chamar a atenção do público-alvo que queremos atingir. Nas Redes Sociais, por exemplo, há gente como a gente, querem relacionamento de alguma forma: interação, dicas legais, imagens bacanas e serem surpreendidos.

Todo mundo já escutou a frase: “Pense fora da caixa”, embora seja um clichê, deve ser seguido como um mantra. Mas o que fazer?

homem na caixa

Primeiro: O tamanho da Caixa depende como você a vê, e pensar fora dela é que vai definir quais limites você precisa quebrar. Um pouco de Ousadia cai bem.

Segundo: Não há uma receita de bolo. Começar a entender o Cliente, o que ele precisa, qual a necessidade e onde quer chegar já é um bom início. Então o cuidado para não viajar na maionese pode servir um parâmetro. Objetividade sempre.

 

cliente-satisfeito

Terceiro: Entra a nossa parte, ver o que é viável fazer. Sejamos francos, transparentes. Queremos o Cliente satisfeito, promessas que nem nós mesmos acreditamos ou temos condições de executar devem ser deixadas de lado.

A tecnologia está a nosso favor. Mas ela não anda sozinha. Se não usarmos a criatividade para atingir o alvo traçado junto ao cliente, ficaremos bem frustrados. E pode ter certeza, nosso Cliente mais ainda.

cliente-satisfeito-cliente

Quando ouvir: Pense fora da Caixa, visualize qual tamanho vem a sua memória. Essa compreensão, com certeza, vai ajudá-lo a atrair novos resultados. E então, como é a sua Caixa?